A volta
Tudo se repete
De uma forma de outra
Eu sei muito bem o que virá
A volta
Tudo roda , e finge que muda
Mas no fundo é tudo igual
Só mudam as posições 
Da volta
E volta com outra embalagem
Outra denominação
Mas volta
E é tudo o mesmo
Mesmo que dessa vez
Eu não gire junto
A volta
E nesse giro me puseram
Para observar
A volta
Mas eu quero parar a rotação
Traçar novo destino
Mudar a direção
Mas
A volta
Volta impiedosa
Não pára de girar
E centrifuga o que encontra
E despedaça
E desmonta para depois remontar
E jogar de volta
Na volta

Anúncios