Eu gosto da madruga

O silêncio

Todos dormem

E eu velando a noite

Feito fantasma encarnado

Passeando pela casa escura

Ou aqui, iluminada apenas pela luz fria da tela

Eu gosto dessa paz com hora marcada

É quando ouço meus pensamentos…

Anúncios