Talvez, o que senti ontem e hoje, e que escrevi no post anterior, tenha sido apenas um mal entendido. Uma sensação equivocada de um coração acostumado a ficar em pedaços. Eu não sei…Espero que tenha sido apenas isso. Uma impressão passageira, de alguém tão familiar a solidão, que é quase incapaz de acreditar que ela pode deixar de existir… Só sei que foi muito ruim me sentir assim…Mesmo que tenha sido uma dor sem razão…Eu não sei…Eu nem sei se devia me importar tanto com você… Eu nem sei se devia gostar tanto de você…Mas eu gosto…Quem mandou ser tão especial…

Ps: eu sou confusa mesmo. E eu escrevo. Nos bons e nos maus momentos…Espero que não se importe, já que foi assim que nos “conhecemos”…

Anúncios