Perdoe-me, se te evito
Mas fui pega de supresa
Por sentimentos antigos
A culpa não é sua,eu sei
Mas a carência e o cansaço
Tornaram-me vulnerável
Aos seu encantos

Perdo-me, se te evito
Mas, preciso manter tudo
Como estava estabelecido
Tudo esquecido
Como deveria ser
Sem recaídas

Perdo-me, se te evito
Se sou fraca
Se sou burra
E caio no mesmo engano
Uma segunda vez

Perdoe-me, se te evito
Mas, preciso te evitar
Ao menos, por agora
Enquanto isso não passa
E a minha razão não se recupera

Perdoe-me, se te evito
Mas, quando eu te esquecer
Uma segunda vez
Não terei mais que te evitar

Quando essa luzinha se apagar, de novo, tudo volta ao normal…

Anúncios