Tags

E a Colombina quer tirar a venda… Quem sabe com uma cerveja e dois dedos de prosa… Difícil é sair da proteção das reticências… Ai… Já nem sei se o que escrevo agora é sobre a Colombina… Na verdade escrevo sobre mim, como sempre escrevi… Hoje sou a Colombina em primeira pessoa… Hoje sou Sonâmbula Insone… Hoje sou Aline… Hoje sou eu…  Caro Sr. Iluminado, estou disposta a pagar pra ver…  Já escrevi demais. Já pensei demais. Quero aproveitar o momento… O depois fica pra depois… A amanhã ainda não existe. Então, pra que se preocupar? Uma cerveja e dois dedos de prosa…

E o que vier é lucro …

Anúncios