Tags

A Colombina veste branco e preto, porque boa parte do tempo, é assim que ela se sente. Em tons de cinza, num mundo de cores deslumbrantes.

O Arlequim e o Pierrot das minhas histórias é um Arlequim-Pierrot ou um Pierrot-Arlequim.Mas é um só. Porque todos nós, ou já roubamos algum coração, ou tivemos nosso coração roubado. Até mesmo as Colombinas.  Mas essa é uma história do Neil Gaiman, não minha.

E se a dúvida persiste… a minha Colombina, no momento permanece solitária. Espanta a solidão com amizades e palavras. Já que este Pierrot-Arlequim ou Arlequim-Pierrot, não é o Pierrot-Arlequim desta Colombina.

E apesar da paixão que insiste, a amizade existe. Então, espero que ele, ao encontrar, enfim, a sua Colombina, que nenhum, nem o outro tenha o coração roubado. Que façam sim, ou um empréstimo ou uma troca. Coração emprestado ou coração trocado é bem melhor.

E mesmo que surjam outros Pierrots, na vida da minha Colombina, uma coisa é certa: não haverá outro com pingente de lampião para guardar em camafeu, muito menos com bochechas rosadas tão encantadoras.

Anúncios