Eu não brinco com os sentimentos das pessoas. Eu não sei fingir interesse onde não tem. Então, como eu vou poder encontrar alguém interessado em mim, alguém disposto à me conhecer melhor, disposto a deixar rolar e ver o que acontece, se ainda sou apaixonada por você?

Por que mesmo estando sem te ver, eu não consigo te esquecer?

Você devia ter me usado quando teve chance. E me jogado isso na cara logo em seguida. Eu não costumo guardar mágoa, minha raiva passa  rápido e tenho uma facilidade imensa para esquecer quem me fere. Eu só seria mais uma. Você só seria mais um. Nos tornaríamos desconhecidos e eu teria virado essa página. Quem sabe até, depois de anos de fracassos nessa área, eu tivesse, finalmente, a sorte de encontrar alguém que me quizesse, não só por uma noite. Vai saber… Depois, me perguntam por que estou sempre sozinha. É difícil admitir: tudo se resume à uma grande sucessão ininterrupta de sentimentos não correspondidos, intercalados por alguns raros episódios de pé na jaca que resultaram em transas sem compromisso.

Eu preciso muito saber o que há de errado comigo.

Eu preciso descobrir o que fazer, porque ando tão cansada de isso ser sempre assim.

Eu ando tão cansada…

Por que mesmo estando sem te ver, eu não consigo te esquecer?

Anúncios