vontade de escrever sobre você… mas… sei lá… talvez, você já deva estar cansado de ler e ler e ler… talvez,  tudo isso que eu escrevo te aborreça…

sei lá…

ando deixando tudo nas mãos do tempo…

estou seguindo o fluxo pra ver o que acontece…

basta saber, qual é a maré em você navega…

e  por hoje chega de escrever…

que você já deve estar cansado de ler e ler e ler e ler…

e eu nunca pedi sua permissão, pra fazer de você, meu muso…

Anúncios