Tags

Esse é um post difícil, muito difícil,difícil pra caralho. E, se eu escrevo,é apenas para explicar.
É, eu sei que é uma atitude imatura, mas, quando se trata de você,eu sou uma menininha nerd, esquisita e, completamente, insegura.E eu precisava aproveitar a distância causada pelos ponteiros, para partir qualquer vínculo que eu pudesse sentir à seu respeito. Eu precisava abolir qualquer chance de me iludir. Qualquer chance de buscar respostas ilusórias onde não tem. Eu precisava aproveitar a distância real dos ponteiros, para acabar, nesse mundinho eletrônico, com qualquer contato que eu pudesse ter com você.
Já não nos falamos mais.E qualquer indício de amizade se perdeu em silêncio mesmo.Então, pra que, eu me torturar,vendo um nome, uma foto numa tela?
Eu não posso me sentir tão pequena, procurando defeitos em mim, que possam responder às minhas questões. Não posso mais me comparar à outras que você escolheu e me perguntar “por que?”. Mesmo sabendo que não tem explicação. Que a vida é assim.Que a gente gosta de quem gosta e pronto. E não gosta de quem não gosta sem que haja motivo.
Desculpe, se é imaturo da minha parte, te excluir assim, dessa minha vidinha virtual. Mas, eu preciso que a ignorância, sobre o que se passa com você,caia em mim como uma benção. Até que, enfim, eu te esqueça.
Assim, eu não terei que fingir, mentir e ocultar, quando alguém quiser saber a razão do meu afeto. Fingir, não porque eu tenha motivos pra me envergonhar de quem você é. Mas, pelo constrangimento,que eu, talvez,tenha me tornado para você…
Tanta rejeição…
Eu preciso te esquecer, antes que de tanto ser rejeitada, eu me torne invisível…

Mas não se preocupe,poucos e de absoluta confiança, sabem a real identidade de você, Sr. Iluminado, Pierrot das bochechas rosadas, o menino que fez cair uma mulher. Eu te guardei e guardo comigo como um tesouro escondido, distante de olhares curiosos.

Eu te amo… mas, que diferença isso faz?

Saiba que não te quero mal não, viu. Só te quero bem.
Mas, preciso te esquecer…

e eu:
(…)sonhava acordada
Um jeito de não sentir dor
Prendia o choro…*

esta noite eu não prendi…

*Cazuza

Anúncios