eu preciso voltar
a me acostumar com a solidão
não sentir tanta falta
nem me acompanhar de ilusão

eu preciso voltar
a me acostumar a ser
só eu
só eu
eu só
nessa imensidão

eu preciso parar de esperar
e seguir adiante
pra qualquer lugar
sempre em frente
sem parar pra lembrar
o que nunca foi presente
o que nunca passou

e em cada passo,cada esquina
uma surpresa que quebre essa rotina
que dê fim à saudade
do que nunca aconteceu
que dê fim à saudade
do que nunca aconteceu
(você e eu)

eu preciso voltar
a me acostumar com a solidão
não sentir tanta falta
nem me acompanhar de ilusão

eu preciso voltar
a me acostumar a ser
só eu
só eu
eu só
nessa imensidão

em cada tropeço,
cada desgosto
cada queda
cada fundo de poço
cada lágrima na escuridão
só eu
só eu
eu só
nessa imensidão
só eu
eu só
ninguém estende a mão
só eu
só eu
eu só
apenas eu
eu só…

Anúncios