Ando cansada dessa história de musos que estão sempre perdidos ou enrolados em teias complexas. Que procuram o próprio ferimento…

Ando cansada de bancar o anjo da guarda que observa e escreve…

Cansada de me preocupar…

E  pergunto:

Durante o tempo que levei olhando pelos meus musos, quem olhava por mim?

Anúncios