Tem horas que o coração bate

Que sinto os olhos ganharem luz

É possível, amar alguém que nunca vi?

Alguém sem nome, nem rosto, nem alcunha?

Alguém que ainda não conheci?

É possível, o amar antes que o tempo me traga o amor?

É possível, a antecipação dos sentimentos?

Quem será, que o destino guarda para esta  paixão prenunciada?

 

Anúncios