Ao abdicar de muso, tento fazer de mim minha própria musa. Me auto inspirar. Mas, enxergar o outro é bem mais fácil que enxergar à si mesmo. Não é agradável conhecer os próprios temores, fraquezas e defeitos. Mas, é necessário.

É estar num labirinto de espelhos e ficar defronte a cada reflexo para poder passar para próxima fase.

Anúncios