Às vezes, acho que somos todos crianças correndo de olhos vendados. E a vida é um grande jogo de cobra cega. Até tentamos parar, sentir o que está ao redor, dar passos lentos e seguros… Mas… nos esbarramos, nos chocamos, nos machucamos, caímos… e levantamos…
E, mesmo assim, continuamos a brincadeira…
E, mesmo assim, ainda temos risos no meio da escuridão…

Anúncios