-Não fique triste
É o meu pedido inusitado
À um pierrot flanelado
Que como pierrot que é
Tem um quê tristeza escondida

Mas mesmo assim eu peço
Desejando de coração
Não fique amuado
Nem borocoxô
Sonhe, viva e sorria
Pois assim, essa colombina,
Sorri também…

E não repare na simplicidade desses meus versos, que já foram mais elaborados. Mas é, que tem coisa que a gente sente, que se escrever demais estraga.

Anúncios