De todos os personagens (pessoas) que por aqui passaram, você, Pierrot Enxadrezado, é o mais pierrot de todos. Vai ver que, por isso, a minha retirada de cena, é suave. De uma forma ou de outra, você ganhou um espaço no meu peito. Um espaço imenso e só seu, que com o tempo pode ser que diminua, mas que não deixará de existir. Guardarei por ti um enorme carinho e a sensação do que poderia ser o amor sem tristeza. E, se me retiro de cena agora, é apenas por aceitação da realidade e para manter comigo a doçura dos sentimentos que me despertou.

Você é um sonhador, e como sonhador que é, espero que não lhe faltem as realizações e, que nunca mesmo, lhe faltem os sonhos.

É também um viajante, e como viajante que é, que não lhe faltem jornadas emocionantes, que lhe deem boas experiências.

É um apreciador de histórias. Que encontre sempre as mais interessantes para conhecer e que tenha sempre as suas pra contar.

Que possa sempre alimentar a sua imaginação. Que ela lhe sirva de inspiração para os seus dias.

Como Colombina que sou, sei que atrás da máscara do clown existem os sentimentos mais profundos. Então, que a sua sensibilidade não se perca e, muito menos, te fira. Mas, se isso ocorrer, mesmo que doa, que a mantenha mesmo assim.

É um amante de vida, e como tal, que cada dia seja único e possa ser aproveitado ao máximo.

É um romântico. Então, que não lhe falte romance e amor sincero.

Que  lhe sobrem os bons amigos, porque a amizade é o seu Norte.

Que a música preencha cada vez mais a sua existência, porque é o que marca o ritmo dos seus passos e o tom da sua alma.

Que o bom humor esteja sempre presente e que nunca seja perdido. Que sua vida seja repleta de sorrisos verdadeiros.

E nos poucos momentos de tristeza que tiver, que possa contar com alguém, que possa percebê-los, sem que seja preciso dizer uma palavra. Alguém que saiba como lhe ajudar a ficar bem de novo.

Que encontre abraços flanelados, tão acolhedores quanto os seus.

Que seu coração continue esse imenso xadrez. E que, por ser tão grande, seja sempre protegido pelo universo.

Numa outra época, quando o meu peito era acorrentado por sentimentos mofados, me perguntaram o motivo de eu não ficar com você. E eu, sabendo que você, por ser quem você é,  merecia ( e merece) alguém capaz se entregar por inteiro, da mesma forma que você se entrega à vida e às pessoas, sentindo o meu coração pela metade e não podendo lhe oferecer algo melhor, respondi:

“Porque ele é bom demais para mim…”

Então só posso desejar:

Que seja feliz, feliz, feliz, feliz, feliz…

Ao tentar deixar de te querer, talvez, eu não sinta o gosto da amargura…


Anúncios