Tags

E a Colombina, agora, é feito um corpo celeste. É levada, por uma força gravitacional imensa, em direção à outro astro. E, quando o encontro acontece, surge um céu mais estrelado do que este, que vemos à noite, até nos lugares mais afastados. Surge um céu onde as estrelas mais brilhantes são dois pares de olhos que se veem, mesmo quando estão fechados.
Surge um universo de dois…
A Colombina se sente feito lua fora de rota. Mas, na verdade, sei que, finalmente, ela encontrou a sua órbita…
E a Colombina sorri um sorriso que vai além da face…
A Colombina é inteira um doce sorriso…

( e até a Lua sorriu para nós…)

Anúncios