eu desejo
que esteja em leito tão macio
como seriam as nuvens
se fossem feitas de algodão

e eu sussurro
para que a noite
cante baixinho no seu ouvido
e as estrelas
escrevam no céu
em frente a sua janela:
“durma bem, meu amor”

e digo ao vento
que te beije suave
um beijo de brisa
que neste instante
não posso te dar

e assim, peço aos astros
que você tenha doces sonhos
e que neles, a gente também possa se encontrar…

Anúncios