Canto um blues sem tristeza
Sem nenhuma reclamação
Uso do ritmo, a beleza
Pra compor a minha canção

Sei que blues de tradição
Tem que ter melancolia
Ou algo que esteja engasgado
Que impeça a alegria

Mas esse som não vem dos clubs
Nem de salão enfumaçado
É uma canção de litoral
Meu Havaí blues, ensolarado

Eu faço um blues
Um blues de litoral
Eu faço um Havaí blues
Pra embalar o nosso lual

O vento fresco da janela
A cerveja na geladeira
A comida assando na grelha
E tudo começa na sexta-feira

E eu faço um blues
Um blues pro meu amor
E eu faço um blues
Um blues pro meu amor

Ao som do ukulele
Na rede ou no colchão
Um blues de litoral
Pra alegrar o coração

Eu faço um blues
Um blues de litoral
Eu faço um Havaí blues
Pra embalar o nosso lual

O meu amor é quem toca
A música na madrugada
Depois vem a nossa bagunça
Até que chegue a alvorada

E eu faço um blues
Um blues pro meu amor
E eu faço um blues
Um blues pro meu amor

E por causa do meu amor
Eu perco a respiração
Depois dormimos juntinhos
Sorrindo de tanta paixão

Eu faço um blues
Um blues de litoral
Eu faço um Havaí blues
Pra embalar o nosso lual

Deixo que digam que não é blues
Que o blues é acabrunhado
Mas estou feliz com meu amor
E faço o meu blues apaixonado

Eu faço um blues…

Um blues pro meu amor…

No ukulele, um blues…

Meu Havaí blues apaixonado…

Anúncios