Tags

E a saudade sem medida
Tem o tempo dos ponteiros
Dos relógios
Dos odômetros
Em contagem para o fim
Os quilômetros que foram
Agora voltam
Pela estrada
E trazem você pra mim
E eu conto
Em segundos
E metros
Até o instante
Em que os contadores zerarão
E nosso tempo e espaço
Serão, novamente, iguais…

E assim aguardo o seu retorno…

Anúncios