Não é só palavra
Não é só sentimento
Não é apenas um ato
Não há nada que o define
Quando a tudo envolve
E a tudo está envolvido
Na ausência de um significado
Pois tudo o significa
O que se conhece e que se vive
Pois só vivendo que se realiza
O que de tão simples não se explica
E de tão único não se traduz
Em seu termo tão conhecido
Que já não cabe
Já não faz jus
Mas, para que se faça saber,
É o que uso, mesmo sem condizer,
Em tamanho e qualidade,
Mas, acrescente o que há de bom,
De autêntico e maravihoso,
Neste mundo e nos outros,
Quando digo que o que sinto,
Que o que vivo,
Tem nome de amor

Anúncios