Tags

, ,

No mercado não tinha Pepsi
Trouxe Coca-cola
E bolo pra assar
Também comprei manjericão
Pros gatos, trouxe ração
E mandei descer
Todo o estoque
De vida
Porque nunca é demais
Ter mais vida pra viver

Lavamos a cinza das ruas
A poeira dos escritórios
Com conversa líquida e perfumada
Algumas boas risadas para alvejar
E amaciamos com carinho
Tudo antes de deitar

Fazemos listas pro futuro
Pro que ainda está por chegar
Quantas aventuras vão caber
Nos calendários e mapas?
Vamos organizar o tempo
Fazer o tempo esticar
Pra todo sonho acontecer

Seguimos assim
Cada dia, um dia só
De cada vez
Pode parecer igual
A todos os dias
Mas não há
Dia igual aqui

E se eu for procurar
Sei que não vou encontrar
Não tem em outro lugar
Para dar, emprestar, alugar ou vender
Sei que não vou encontrar
Pois é o que há
Só você é você

Eu vejo constelações na sua pele
Nos seus olhos, tem a lua sobre o mar
Sei do sol no seu sorriso
E a fonte límpida nos seus lábios
Que mergulho quando vem me beijar

E se eu for procurar
Sei que não vou encontrar
Para dar, emprestar, alugar ou vender
Não tem em outro lugar
Pois você é o que há
No meu coração
É só você…

E não me canso de dizer:
Como eu te amo tanto…

Anúncios