Poucas horas desde que acenei da janela. De longe acompanho a sua viagem. Traquitanas. Obras de arte. Entre engrenagens e afinações você me manda um beijo. Daqui, meu coração muda o ritmo. A saudade tem um tom mais grave. O som atravessa cidades até se molhar na chuva lenta e fina…

Será que você consegue ouvir?

Anúncios