Você me manda a foto de um lugar bacana. Raridades e cerveja. A saudade apertada. Você quer pegar a estrada logo. Voltar pra casa. Brindamos, à distância, por um retorno breve. A saudade apertada. O coração fica gigante que não cabe nela. Rock bar, outra foto e um “eu te amo”. E eu aqui. E eu aí com você. A saudade apertada, como um sapato bem pequeno, uma calça encolhida. Meu coração quer se desnudar. A estação do metrô. Um cartaz de cinema. “Eu não queria ficar. Voltarei voando pra te encontrar”. A saudade apertada. Ah! Saudade apertada, faltam algumas horas para te desatar…

Anúncios